Uma lei, foi outorgada pelo presidente Jair Bolsonaro, que visibiliza incentivos à chamada Internet das Coisas. Se espera que a partir disso o setor cresça, ocasionando a diminuição do valor das tecnologias, além de trazer investimentos ao país e proporcionar novas oportunidades de emprego.

A chamada IoT se caracteriza desde o micro, como um sensor em uma planta que te avisa a hora de a regar, até o macro, como sensores de nível de poluição na atmosfera espalhados por uma cidade.

A nova medida trás com que alguns tributos incidentes sobre estações de telecomunicações, que integram sistemas de comunicação máquina a máquina, sejam zerados. Ademais a nova lei também possui regras sobre o licenciamento desses equipamentos junto à Anatel.

 “Com a medida, a expectativa é de que o Brasil seja uma das grandes potências globais no mercado de Internet das Coisas. Outro aspecto positivo é que a desoneração incentive o desenvolvimento de dispositivos com a tecnologia 5G”, destacou o ministro das Comunicações, Fábio Faria.